Fiel À Tradição

by Norte Cartel

/
  • Streaming + Download

    Includes unlimited streaming via the free Bandcamp app, plus high-quality download in MP3, FLAC and more.

      $9 USD  or more

     

1.
2.
3.
4.
5.
01:54
6.
7.
8.
02:54
9.
02:06
10.
11.
12.
02:13
13.
02:33

credits

released February 7, 2010

tags

license

all rights reserved

about

Norte Cartel Rio De Janeiro, Brazil

contact / help

Contact Norte Cartel

Streaming and
Download help

Track Name: Sangrar E Morrer
A CICATRIZ AINDA DOLORIDA
ME MANTÉM DESPERTO, COM ÓDIO E VIVO
APESAR DOS GOLPES QUE RECEBI
AINDA ESTOU POR PERTO, AINDA AQUI
NO FOGO DA VINGANÇA FORJEI MEU PUNHAL
DERRAMEI MEU SANGUE EM NOITES SEM FIM
O SONHO DA DESFORRA ME FEZ SORRIR
MAS NÃO SE COMPARA A TÊ-LO CAÍDO AOS MEUS PÉS

O QUE VÊ NOS MEUS OLHOS O ASSUSTA
NÃO SABER ATÉ ONDE ESTOU DISPOSTO A IR
SUA VIDA TÃO CARA NADA ME CUSTA
NA MINHA ALMA O DESEJO DE TE DESTRUIR

QUERO VER VOCÊ - SANGRAR E MORRER!
COM A FORÇA DO REVIDE - SANGRAR E MORRER!
O MEDO NOS SEUS OLHOS - SANGRAR E MORRER!
SUA BOCA CALADA - SANGRAR E MORRER!
Track Name: Olhos Abertos
SOB AS MENTIRAS DO SEU MUNDO VIVI EM VÃO
COBRI MEUS OLHOS, CALEI MEUS SONHOS. MORRI EM VÃO
O HORIZONTE, EU ME NEGUEI A ENXERGAR
NÃO DESPERTEI. COMO PODERIA EU DESPERTAR?

MAS PARA CADA ERRO UM PERDÃO
PARA CADA FALHA OUTRA CHANCE
DE COMEÇAR NOVA VIDA!

LIBERDADE É ETERNA GUERRA. SOU LIVRE ENFIM
MINHA ALMA NÃO SE ABALA COM DIAS RUINS
MISERÁVEL É O QUE VACILA AO CAMINHAR
O MEDO ENTÃO O TORNA FRAQUEZA, DOR E PESAR
Track Name: A Vingança É Minha
Quando não há mais nada estão abertos os destinos
E o ódio guia meus pés por caminhos sem esperança
E não verá derramar sangue ou lágrimas
Teus olhos cegos levam a venda de todo injusto

Um novo dia, a mesma dor: sua herança. A vingança é minha
Como é sentir o sabor? Ver ao chão a esperança que definha
Se o seu erro foi em vão, minha luta, minha fúria tem sentido
Ter seu medo em minhas mãos é uma meta, é um logro atingido

SEI QUE VIVER É MAIS QUE DESTRUIR
SEUS PLANOS, SEUS SONHOS, SUA VIDA
IR ALÉM DO ÓDIO E ENTENDER QUE CASTIGO PRA VOCÊ É VIVER

Fazer o que preciso for, a fortuna acompanha o que caminha
Um novo dia, a mesma dor: sua herança. A VENDETA é minha
Se o seu erro foi em vão, minha luta, minha fúria tem sentido
Ter seu medo em minhas mãos é uma meta, é um logro atingido
Track Name: Romper
VIVER DE JOELHOS É PARA OS TOLOS E ESPERAR EM VÃO NO SONO PROFUNDO
QUE AQUELE QUE SOFRE SE REDIMA É A FANTASIA QUE MANTÉM O MUNDO
ÍDOLOS E HERÓIS SÃO PASSADO, QUE NEGAM A VIDA A TODA A GENTE
MELHOR SER ESPADA A ESCUDO. ESTAR VIVO, ESTAR PRESENTE

ESCOLHO VIVER! ESCOLHO LUTAR! ESCOLHO VENCER!
O MEDO ALIMENTA A SUA FRAQUEZA

DIAS DE SANGUE TESTEMUNHEI COM OS OLHOS SEMPRE NO HORIZONTE
ENTRE OS ABISMOS DESSA GUERRA A FORÇA DE VONTADE É A ÚNICA PONTE
ÍDOLOS E HERÓIS SÃO PASSADO QUE NEGAM A VIDA A TODA A GENTE
MELHOR SER ESPADA A ESCUDO. ESTAR VIVO, ESTAR PRESENTE

CADA SEGUNDO SEM PAZ ME FAZ
QUERER CONSTRUIR OUTRO MUNDO SEGUNDO OS MEUS SONHOS
MAS SEI QUE É PRECISO LUTAR,
ROMPER, QUEBRAR GRILHÕES, MEDOS E MUROS
Track Name: Golpe De Sorte
A TRAIÇÃO!
Uma faca que retalha nossos destinos
DECEPÇÃO!
Com a frieza do toque do assassino
Esmorece a esperança de um futuro
A ilusão, finalmente, cobra seu preço
Anoitece. O meu mundo é mais escuro
Esvai-se o amor e o ódio, resta o desprezo

Já não adianta se arrepender
Agora é tarde pra se desculpar
É a vez da minha honra prevalecer
Inútil é tornar a acreditar

O MEU PERDÃO!
Perdoar é virtude ou fraqueza?
A NEGAÇÃO!
Que o meu silêncio te ensurdeça
Uma ampulheta me aconselha prosseguir
Sua areia cura o mais profundo corte
Numa derrota pode residir
O maior de todos os golpes da sorte

Já não adianta se arrepender
Agora é tarde pra se desculpar
É a vez da minha honra prevalecer
Inútil é tornar a acreditar

Traição, sem perdão!
Track Name: Meus Passos
CAMINHO E MEUS PASSOS FLUEM ENTRE ROCHAS, ESPINHOS E DOR
POR QUERER O QUE O MUNDO ME NEGA COM FERVOR
SÓ, SIGO ADIANTE. UM NOVO DIA EM MEU CORAÇÃO
A ESPERANÇA ALIMENTA A ALMA E AS FERIDAS A VESTEM PRA GUERRA

NA TERRA DE NEGROS SÓIS ONDE OS HOMENS MATAM POR PAZ
ONDE OS OLHOS LEVAM ANZÓIS E TUDO NUNCA É DEMAIS

COBIÇA GUIA AS MÃOS QUE NÃO SE CANSAM DE BUSCAR PODER
AQUI ERIGIREI MEU CASTELO E OS VENTOS CANTARÃO A MINHA GLÓRIA

AGRADEÇO AOS CÉUS POR NADA TER
PEÇO QUE NÃO ME DEIXE ODIAR AQUELES A QUEM DEVO DESTRUIR

ATÉ O FINAL!
Track Name: Dor Por Dor
Mil vezes morri, nasci e ainda morro
Minha pele sobre mim como mortalha
Esquecido, sem abrigo, sem socorro
Deixado pra morrer no campo de batalha
Derrotado por quem me estendeu a mão
(Pra quem) lealdade é coisa de momento
O maior inimigo é o amigo em traição
Sua austeridade é ressentimento

NA FÚRIA SE ENCONTRA A VERDADE, RAZÕES PARA FAZER O QUE FIZ
NO DESESPERO E NA ARIDEZ DA CIDADE PIEDADE É PLANTA SEM RAIZ

Vivo sob sua maldição. Sobre rios de ódio minha alma dança
Crueldade maior é o perdão pois negaria a doce vingança
Dor por dor, com a frieza dos sinos. Sem culpa, como o mais forte dos ventos
Devasta a terra do assassino. Está florido o que foi sangrento
Track Name: Canção De Guerra
A PAZ É UM INTERLÚDIO NA CANÇÃO DE GUERRA
OLHOS ABERTOS PODEM NADA ENXERGAR
E ASSASSINAR ALGUÉM SÓ PORQUE ERRA
DE CERTO MODO É SE SUICIDAR

SEU ÓDIO À DIFERENÇA SÓ ENTERRA
AS CHANCES DA PRIMAVERA CHEGAR
SEU ORGULHO ASSOLA ESSA TERRA
O PRESENTE PODE NUNCA ACABAR

SE É ASSIM, ESTOU DE PÉ
SE ASSIM SERÁ, TENHO MINHAS MÃOS
Track Name: Nossa Sentença
Carregar comigo até a morte
O que me faz real até o fim
Era uma busca por identidade
Mas hoje é tudo para mim
A perpétua recusa a pertencer
Move minha alma e meu ser
No caminho da paz interior
Que é tão obscuro pra você

ISSO AQUI, NOSSA VIDA!
ESSA É NOSSA CRENÇA!
RESISTIR!
NOSSO CRIME, NOSSA SENTENÇA!

Optar por nunca abrir mão
Dos princípios que regem nossas vidas
Integridade e dedicação
Podem cicatrizar qualquer ferida
E agora percebo que até a morte
Serei fiel ao que eu sou
Mesmo sabendo que navegarei
Por mares de glória e de dor

MALDIÇÃO! SALVAÇÃO!
Track Name: Família
Se ao meu lado os amigos estão sempre lá. Sempre lá!
Nossa força fará cada um desses muros cair
Somos um, somos muitos e nunca me sinto só. Nunca só!
A cidade feroz treme e começa a ruir

Onde muitos caíram, nós vamos perseverar
A vitória é nossa, ainda que os fracos não creiam
Sem temer golpes baixos que tentam nos derrubar
Cada dia nos mostra a queda dos que nos odeiam

Unidos e fortes, irmãos de sangue, família!
Track Name: Abrigo
Longe do fim o caminho se estreita apenas pra mim e os leais
Se poucos restam à minha direita, muitos me julgam incapaz
Cada dia um novo desafio que minha alma se alegra em enfrentar
Contra a corrente no enorme rio em que muitos se deixam levar

NO MEU PEITO A CHAMA NUNCA SE APAGA E ME PROTEGE DOS DEMÔNIOS
SEMPRE FIEL, A CONVICÇÃO ME AFAGA, ZELA MEU SONO E ALIMENTA TODOS OS MEUS SONHOS

Tenho nas linhas da mão O meu mapa e meu norte em estrelas mortas
O sol, fogo-fátuo, enfim se acaba. Que venha a noite, nada me importa
Qualquer lugar para mim é um lar. Em meu coração tenho abrigo
Por sendas novas, sem hesitar pois tenho em mim grande amigo